Comissão Própria de Avaliação (CPA) da Universidade Brasil
A Comissão Própria de Avaliação (CPA) da Universidade Brasil (UB), foi criada atendendo o que preceitua o artigo 11 da Lei nº 10.861, de 14 de abril de 2004, que instituiu o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior – SINAES.
A CPA da UB constitui-se em órgão colegiado com atribuições de condução dos processos de avaliação internos da Universidade Brasil, de sistematização e de prestação das informações solicitadas pelos órgãos de regulação da educação superior.
A CPA possui atuação autônoma em relação a conselhos e demais órgãos colegiados existentes da Universidade Brasil.
Constituída por ato do dirigente máximo da Universidade Brasil, na CPA é assegurada a participação de todos os segmentos da comunidade universitária e da sociedade civil organizada, e vedada à composição que privilegie a maioria absoluta de um dos segmentos.

Atribuições principais da CPA
I – Conduzir os processos de avaliação interna da Universidade Brasil;
II – Sistematizar e prestar informações solicitadas pelo MEC, INEP e CONAES;
III – preparar e promover a elaboração de relatórios e/ou pareceres e encaminhá-los às instâncias competentes;
IV – Desenvolver estudos e análises visando o fornecimento de subsídios para a implementação de uma cultura de avaliação da Universidade Brasil;
V – Apresentar projetos, programas e políticas que proporcionem a melhoria do processo avaliativo da Universidade Brasil.

Objetivo Geral da CPA
Sistematizar, desenvolver e alicerçar o processo de avaliação institucional, como forma de subsidiar a gestão administrativa, possibilitando à Universidade Brasil o aprimoramento na sua qualidade de ensino de forma contínua.

Objetivos específicos da CPA
• Implantar a cultura de avaliação com a sensibilização da comunidade interna e externa, demonstrando a importância do processo de autoavaliação como uma autocrítica, autoconhecimento e redirecionamento de metas e estratégias, coerentes ao PDI vigente;
• Implementar métodos operacionais efetivos e abrangentes de divulgação e aplicação dos instrumentos avaliativos;
• Publicar de forma significativa os resultados do processo avaliativo;
• Identificar reais fragilidades e potencialidades da Instituição com vistas ao seu aperfeiçoamento gerencial;
• Avaliar os projetos pedagógicos dos cursos de graduação, e pós-graduação lato sensu, em parceria com os coordenadores de cursos e coordenadores de departamentos e núcleos;
• Avaliar o corpo acadêmico (docentes e gestores da área acadêmica);
• Avaliar as Coordenações de Estágios, a responsabilidade social e extensão, a iniciação científica e sua interface com outras áreas;
• Avaliar, atualizar e disseminar o Plano de Desenvolvimento Institucional;
• Avaliar o egresso dos cursos de graduação e de cursos de pós-graduação lato sensu;
• Avaliar e disseminar o Projeto Pedagógico de Curso em parceria com todos os órgãos envolvidos;
• Avaliar as ações, resultados e procedimentos da Comissão Própria de Avaliação – CPA;
• Orientar, acompanhar e promover as avaliações externas dos cursos e da Instituição;
• Verificar e acompanhar as recomendações oriundas dos processos avaliativos internos e externos, oficiais e do sistema avaliativo próprio;
• Avaliar a satisfação do corpo acadêmico e do corpo discente, docente e técnico administrativo em relação à cadeia de serviços.

Membros da Comissão Própria de Avaliação (CPA) da Universidade Brasil
A Comissão Própria de Avaliação (CPA) da Universidade Brasil foi instituída pela Portaria GR nº 010/2022, com o prazo de mandato de 17 de fevereiro de 2022 até 17 de fevereiro de 2025. As especificidades do mandato e da composição da CPA estão descritas no Regulamento da CPA.

 

NOME SEGMENTO REPRESENTATIVO Campus
Prof. Antônio Lúcio Sant´Ana Neto Docente ITAQUERA
Prof. André Willian Lozano Docente FERNANDOPÓLIS
Prof.  Fábio Mazzonetto Docente DESCALVADO
Profª Flávia Grecco Resende Docente MOOCA
Prof. Paulo Rodrigo Alves Bernardo Docente - Presidente NEAD*
Diego Bernardo Rizzo Técnico-Administrativo ITAQUERA
Adriano Gonzales Pellim Técnico-Administrativo FERNANDOPÓLIS
Ana Célia Araújo Técnico-Administrativo DESCALVADO
Bruno Palma Fernandes Técnico-Administrativo MOOCA
Rita de Cássia Gomes de Azevedo Técnico-Administrativo NEAD*
Victor Guerrero da Silva Discente ITAQUERA
Mateus dos Santos Rios Discente FERNANDOPÓLIS
Kaio Henrique de Lariva Penteado Discente DESCALVADO
Guilherme Prado Camilo Discente MOOCA
Beatriz Rodrigues de Oliveira Discente NEAD*
Sidney da Silva Sociedade Civil Organizada ITAQUERA
Lívia Martins Del Grossi Sociedade Civil Organizada FERNANDOPÓLIS
Eduardo Tadeu Saggiorato Sociedade Civil Organizada DESCALVADO
José Leandro da Silva Sociedade Civil Organizada MOOCA
Claudinei José Pereira Sociedade Civil Organizada NEAD*

* NEAD – Núcleo de Educação à Distância da Universidade Brasil – UB


Informações de contato com a Comissão Própria de Avaliação (CPA):
Presidente da CPA: Prof. Paulo Rodrigo Alves Bernardo
E-mail para contato: cpa.cpa@universidadebrasil.edu.br
Endereço: Sala da CPA – Bloco Administrativo – Campus Fernandópolis
Estrada Projetada F1, s/n, Fazenda Santa Rita - Fernandópolis/SP | 15600-000

PERGUNTAS E RESPOSTAS FREQUENTES

O que é a CPA?
É a Comissão Própria de Avaliação da Universidade Brasil.

Qual é a função da CPA e qual é o seu objetivo?
A CPA é responsável pela autoavaliação interna da nossa Universidade.
O objetivo principal da CPA é sistematizar, desenvolver e alicerçar o processo de avaliação institucional, como forma de subsidiar a gestão administrativa, possibilitando à Universidade Brasil o aprimoramento na sua qualidade de ensino de forma contínua.
A CPA busca promover a melhoria para cursos e, de modo geral, para toda a Universidade Brasil.
A CPA busca contribuir para a melhoria da qualidade da educação superior a partir do processo de autoavaliação institucional como instrumento norteador das ações e transformações necessárias ao pleno desenvolvimento da Instituição.

Como a CPA é formada?
A CPA é formada por representantes dos alunos, professores, funcionários e membros da sociedade civil. Ao todo são 20 (vinte) membros, sendo 5 (cinco) de cada um dos públicos.

Quais são as fases do processo de avaliação da CPA?
- Planejamento do processo de avaliação e elaboração dos questionários de autoavaliação;
- Sensibilização da comunidade acadêmica, conscientizando todos da importância da CPA e incentivando a participação;
- Coleta das respostas dos questionários e dos dados qualitativos e quantitativos dos cursos e departamentos da Universidade;
- Análise dos dados e elaboração do relatório da CPA, contendo todas as informações obtidas;
- Apresentação de um plano de ações previstas com base na análise;
- Divulgação dos resultados obtidos para toda a comunidade acadêmica;
- Envio do Relatório da CPA para o MEC;
- Acompanhamento e análise dos planos de ação propostos e das conquistas obtidas com base no trabalho da CPA.

O que é avaliado pela CPA?
A Lei Federal nº 10.861, de 14 de abril de 20041, instituiu o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES), que preconiza que toda instituição de educação superior, pública ou privada, constituirá uma CPA, responsável pela autoavaliação da Instituição considerando, obrigatoriamente, as dez dimensões institucionais, que são:
Dimensão 1 - A Missão e o Plano de Desenvolvimento Institucional;
Dimensão 2 - A política para o ensino, a pesquisa, a pós-graduação, a extensão e as respectivas normas de operacionalização, incluídos os procedimentos para estímulo à produção acadêmica, às bolsas de pesquisa e de monitoria e demais modalidades;
Dimensão 3 - A responsabilidade social da Instituição, considerada especialmente no que se refere à sua contribuição em relação à inclusão social, ao desenvolvimento econômico e social, à defesa do meio ambiente, da memória cultural, da produção artística e do patrimônio cultural;
Dimensão 4 - A comunicação dialógica com a sociedade;
Dimensão 5 - As políticas de pessoal, de carreiras do corpo docente e corpo técnico-administrativo, seu aperfeiçoamento, desenvolvimento profissional e suas condições de trabalho;
Dimensão 6 - Organização e gestão da Instituição, especialmente quanto ao funcionamento e representatividade dos colegiados, sua independência e autonomia na relação com a mantenedora e a participação dos segmentos da comunidade universitária nos processos decisórios;
Dimensão 7 - Infraestrutura física, especialmente a de ensino e de pesquisa, biblioteca, recursos de informação e comunicação;
Dimensão 8 - Planejamento e avaliação, especialmente em relação aos processos, resultados e eficácia da autoavaliação institucional;
Dimensão 9 - Políticas de atendimento aos estudantes;
Dimensão 10 - Sustentabilidade financeira, tendo em vista o significado social da continuidade dos compromissos na oferta da educação superior.
Essas dimensões estão organizadas em 5 (cinco) eixos avaliativos:
Eixo 1 - Planejamento e Avaliação Institucional: considera a dimensão 8 do SINAES (Planejamento e Avaliação). Inclui também um Relato Institucional, que descreve e evidencia os principais elementos do seu processo avaliativo (interno e externo) em relação ao PDI, incluindo os relatórios emanados pela CPA, do período que constituiu o objeto de avaliação. Nesse Eixo 1, deve prever o Relatório de Autoavaliação Institucional.
Eixo 2 - Desenvolvimento Institucional: contempla as dimensões 1 (Missão e o Plano de Desenvolvimento Institucional) e 3 (Responsabilidade Social da Instituição) do SINAES.
Eixo 3 - Políticas Acadêmicas: abrange as dimensões 2 (Políticas para o Ensino, Iniciação científica e Extensão), 4 (Comunicação com a Sociedade) e 9 (Políticas de Atendimento aos Discentes) do SINAES.
Eixo 4 - Políticas de Gestão: compreende as dimensões 5 (Políticas de Pessoal), 6 (Organização e Gestão da Instituição) e 10 (Sustentabilidade Financeira) do SINAES.
Eixo 5 - Infraestrutura Física: contempla a dimensão 7 (Infraestrutura Física) do SINAES.

Quem pode responder os questionários da CPA?
Todos os discentes, docentes, coordenadores, funcionários técnico-administrativos e egressos. Em 2022 inclusive, a CPA está trabalhando para que sejam coletadas respostas da comunidade.
A participação é totalmente voluntária e também anônima, garantindo o sigilo das informações pessoais.

Qual é a periodicidade da aplicação dos questionários da CPA e quando eles são aplicados?
A periodicidade é anual e os questionários são aplicados normalmente no final do segundo semestre de cada ano, em período agendado pela CPA e divulgado conforme o calendário acadêmico da UB.

Qual a importância de responder ao questionário da CPA?
É por meio das respostas dos diversos públicos envolvidos na autoavaliação que a CPA coleta as informações necessárias para a realização do diagnóstico da avaliação institucional. Esse diagnóstico servirá para o autoconhecimento institucional, orientará a gestão para a definição de seu planejamento estratégico a partir das potencialidades e fragilidades apresentadas em cada dimensão.

Como o relatório da CPA é feito e qual a sua importância para a UB?
A autoavaliação institucional caracteriza-se como um amplo processo, que busca e sistematiza a coleta, diagnóstico e análise dos dados e as informações obtidas com as respostas de toda a comunidade acadêmica. Analisados coletivamente pelos representantes de cada público (discentes, docentes, funcionários técnico-administrativos e representantes da sociedade civil), esses dados são interpretados e traduzidos em forma de relatório contendo a identificação das potencialidades e das fragilidades, bem como a proposta de um plano de ação contendo ações preventivas e ações corretivas para atacar as fragilidades. A partir daí, criam-se estratégias de superação de problemas e ampliação dos bons resultados, como pressupostos para consolidação e fortalecimento de seu projeto institucional.

O que se busca com o processo de autoavaliação da CPA a cada ano ou ciclo?
Ao cada ano/ciclo, busca-se realizar um processo de autoavaliação institucional que atende às necessidades institucionais, como instrumento de gestão e de ação acadêmico-administrativa de melhoria institucional, com evidência de que todos os segmentos da comunidade acadêmica estão sensibilizados e se apropriam dos resultados.

Como faço para contribuir com o processo de autoavaliação da CPA?
Para você contribuir com o processo de autoavaliação da CPA, é importante você preencher o questionário da CPA completamente dentro do período estipulado de coleta. Com isso, será possível diagnosticar os pontos fortes, os pontos adequados, as oportunidades de melhoria a as fragilidades de cada aspecto pesquisado, permitindo assim a elaboração de planos de ações que irão melhorar continuamente a Universidade Brasil. É muito importante a participação de toda a comunidade acadêmica: alunos, docentes, coordenadores, funcionários e egressos.

 

ARQUIVO PUBLICAÇÃO DOWNLOAD
CPA - Aluno 31/03/2019 download
CPA - Coordenador 31/03/2019 download
CPA - Funcionário 31/03/2019 download
PORTARIA GR Nº 009/2021: Altera a composição da Comissão Própria de Avaliação da Universidade Brasil 16/04/2021 download
Portaria GR nº 010_2022 - Altera a composição da Comissão Própria de Avaliação da Universidade Brasil 31/03/2022 download
Portaria GR nº 196_2021 - Nomeia CPA da Universidade Brasil 18/10/2021 download
Portaria Reitoria n.º 338_2016 - Destitui e nomeia membros da Comissão Própria de Avaliação - CPA 03/10/2016 download
Projeto_Avaliação_Institucional 16/09/2021 download
Regulamento_CPA 16/09/2021 download
Relatório de Autoavaliação Institucional 2021 05/04/2022 download
Relatório de autoavaliação Institucional 2019 31/03/2019 download
Relatório Parcial de Autoavaliação Institucional 2019 10/05/2021 download
Relatório Parcial de Autoavaliação Institucional 2020 10/05/2021 download
UB - Relatório de autoavaliação Institucional 2018 01/03/2020 download
UB - Relatório Integral de Autoavaliação Institucional 2017 01/03/2020 download