UB, em parceria com a Prefeitura de Fernandópolis e a SABESP, irá desenvolver sistema de tratamento de esgotos





A Universidade Brasil, em parceria a com Prefeitura Municipal de Fernandópolis e apoio da SABESP, irá desenvolver e licenciar um sistema compacto de tratamento de esgotos no campus.

A destinação e o tratamento incorreto dos efluentes gerados nas residências, comércios, indústrias e áreas rurais é um dos principais problemas atuais de saneamento no Brasil. Pode-se dividir os sistemas de coleta e tratamento, para a maioria dos casos, em sistemas públicos (rede coletora e estações de tratamento) e sistemas individualizados (principalmente as fossas sépticas). Mas em boa parte dos municípios brasileiros, os esgotos ainda não são tratados, sendo lançados diretamente nos cursos d’água.

É nesse contexto que o projeto será criado pela Engenheira Ambiental e Sanitarista Noelen Muriel Doimo Prado de Souza (Mestranda em Ciências Ambientais), coordenado pelos Professores Juliana Heloisa Pinê Américo Pinheiro e Luiz Sergio Vanzela (Titulares e Pesquisadores do Programa de Mestrado em Ciências Ambientais) e pelo Engenheiro Andre Lobanco Cavalini (Gerente de Divisão de Fernandópolis da SABESP).

Segundo Luiz Sergio Vanzela, já existem projetos similares desenvolvidos e implantados pelo Engenheiro Andre Lobanco Cavalini em pequenos povoamentos e distritos de municípios do Noroeste Paulista, mas este será o primeiro de maior porte (tratamento de 141 m³/dia de esgotos), destinado a substituir o antigo sistema de tratamento de esgotos da Universidade Brasil. O sistema é de baixo custo de implantação e de operação, e consegue atingir eficiências de tratamento acima de 80%.

Após implantado, o efluente será monitorado de forma a atestar a qualidade do tratamento, complementando a pesquisa.

A implantação dessa estação compacta de tratamento de esgotos é de suma importância, diz Luiz Sergio Vanzela, “já que o seu funcionamento na Universidade Brasil comprovará ser uma importante alternativa para muitos municípios brasileiros de pequeno porte, que não dispõe de recursos e mão-de-obra para a implantação e operação de sistemas convencionais”.

Nas Figuras abaixo, está uma das estações compactas da SABESP, já operando há mais de 5 anos em um distrito do município de Onda Branca – SP, o mesmo sistema a ser implantado na Universidade Brasil/Campus de Fernandópolis – SP.


Fonte: https://www.regiaosp.com.br/noticia/ub-em-parceria-com-a-prefeitura-de-fernandopolis-e-a-sabesp-ira-desenvolver-sistema-de-tratamento-de-esgotos





Compartilhe
          
Últimas Notícias

Santa Casa de Andradina e Universidade Brasil farão aula inaugural de internato de medicina em fevereiro
07/02/2023


Aula inaugural de internato de medicina será segunda na Câmara de Andradina
07/02/2023


Aula inaugural de internato de medicina será segunda na Câmara de Andradina
07/02/2023


Internato de medicina começa oficialmente com aula inaugural em Andradina
07/02/2023