Trabalho de doutorado realizado na Universidade Brasil é incluído em importante publicação internacional





Na edição do mês de maio de 2021 do periódico científico Journal of Dental Research (JDR), periódico oficial da International Association for Dental Research (IADR), dois grandes ícones, S. Warnakulasuriya e A.R. Kerr, publicaram o estudo intitulado “Oral cancer screening: past, present and future”.

Dos seletos trabalhos listados nesse estudo de revisão, a única pesquisa clínica realizada no Brasil incluída foi o trabalho “Fluorescence visualization improves the detection of oral, potentially malignant, disorders in population screening”, fruto do doutorado da Profa. Dra. Luciana Estevam Simonato, que é docente da Universidade Brasil e realizou seu doutoramento pelo Programa de Pós-Graduação em Engenharia Biomédica da UB.

Luciana ressalta a importante conquista no cenário científico mundial e enfatiza o  incentivo que a Universidade Brasil oferece aos seus docentes, por meio de concessão de bolsas, a fim de que possam investir na própria formação, no aprimoramento profissional e em pesquisas.

“Sou cirurgiã-dentista especialista em estomatologia e, quando iniciei o doutorado em Engenharia Biomédica, fiquei preocupada com a linha de pesquisa que seguiria. No entanto, meu orientador foi extremamente aberto e, juntos, desenhamos um projeto que envolvia a minha expertise e a dele, que é físico. O resultado foram três trabalhos científicos publicados em revistas internacionais com alto fator de impacto, um capítulo de livro e, recentemente, tivemos a grata surpresa de termos incluído um dos nossos trabalhos em uma pesquisa multicêntrica com grande relevância no cenário nacional e internacional”, diz.

O projeto de doutorado tinha o objetivo de comparar o diagnóstico do câncer bucal realizado por cirurgiões-dentistas clínicos gerais, com e sem a utilização da fluorescência óptica, no escaneamento de lesões bucais junto à população de Fernandópolis/SP.

Para tanto, foi realizado um estudo prospectivo com a captação dos pacientes realizada junto à rede de atenção à saúde do município de Fernandópolis/SP, durante as campanhas de prevenção do câncer bucal que são realizadas anualmente. 

Durante o exame clínico intrabucal com fluorescência óptica, os cirurgiões-dentistas utilizaram o sistema de imagem de campo amplo por fluorescência óptica EVINCE® (MMOptics, São Carlos, SP, Brasil).

Diante dos resultados observados neste estudo, pode-se concluir que a utilização da fluorescência se apresentou como importante recurso na visualização e diagnóstico de lesões bucais, podendo ser adotado como método auxiliar ao exame clínico bucal convencional.

Acesso aos estudos completos:
•    S Warnakulasuriya, A R Kerr. Oral Cancer Screening: Past, Present and Future. J Dent Res. 2021 May 26;220345211014795.
•    Simonato LE, Tomo S, Navarro RS, Balbin Villaverde AGJ. Fluorescence visualization improves the detection of oral, potentially malignant, disorders in population screening. Photodiagnosis Photodyn Ther. 2019 Sep;27:74-78.
 



Compartilhe
          
Últimas Notícias

Universidade Brasil inaugura novo Núcleo de Prática Jurídica em Fernandópolis
12/08/2022


Universidade Brasil está com vagas abertas para o PROUNI em quatro cursos
03/08/2022


Curso de Medicina da Universidade Brasil tem nova coordenadora
01/08/2022


Universidade Brasil disponibiliza a Biblioteca Digital Saraiva a seus alunos
25/07/2022