O adeus da Universidade Brasil ao Cacique Aritana





A UNIVERSIDADE BRASIL manifesta o seu mais profundo pesar pelo falecimento do Cacique ARITANA YAWALAPITI, Cacique Geral do XINGU, na manhã da última quarta-feira, dia 05 de agosto.

Nesse momento de dor, a UNIVERSIDADE BRASIL, por meio de sua Mantenedora e de sua Chancelaria, recorda os projetos extensionistas criados especialmente para a melhoria da saúde das comunidades do Xingu e se solidariza com todos os moradores das comunidades indígenas, familiares e amigos. Expressamos as mais sinceras condolências pela perda.

Sobre o Cacique Aritana

Aritana Yawalapiti, falecido aos 71 anos, foi uma das mais antigas lideranças do Alto Xingu. Entre os poucos indígenas que ainda falam o idioma nativo de seu povo, guardava a memória de sua língua natural, além de falar o português e outros idiomas tradicionais indígenas. 

Considerado um grande defensor da luta pela preservação e perpetuação da cultura de seu povo para as novas gerações, denunciou os efeitos do desmatamento no entorno de seu território, como a extinção de peixes dos rios e a contaminação das águas. Trabalhou com os irmãos Villas-Bôas para a criação do Parque Nacional do Xingu.

 



Compartilhe
          
Últimas Notícias

Universidade Brasil inaugura novo Núcleo de Prática Jurídica em Fernandópolis
12/08/2022


Universidade Brasil está com vagas abertas para o PROUNI em quatro cursos
03/08/2022


Curso de Medicina da Universidade Brasil tem nova coordenadora
01/08/2022


Universidade Brasil disponibiliza a Biblioteca Digital Saraiva a seus alunos
25/07/2022